terça-feira, 12 de julho de 2011

Centro da Cidade

O Centro do Rio é uma caixinha de surpresas mesmo. Mas antes de qualquer comentário, devo deixar registrado: ADOROOOO aquele lugar!


Pois bem, os planos do dia se desfizeram logo pela manhã. Pensei "vou dar uma chegada na BN pra estudar um pouco e almoçar com um amigo que trabalha por lá". Tudo indo muito bem, até o metrô estava realativamente vazio ao meio-dia. Andadinha básica na Uruguaiana p/ não perder o hábito e lá fui eu p/ Av. Rio Branco. Não muitos passos à frente, um aglomerado em frente a um banco, revolta de funcionários clamando por seus direitos enquanto funcionários de tal lugar. Prossegui passando rente a rua.


Chego eu na Carioca e p/ minha total surpresa uma multidão na frente da Secretaria de Educação - greve dos professores do Estado. Tratei de achar um cantinho p/ esperar meu amigo, faltavam só 5 minutinhos p/ hora que tínhamos combinado. Tô eu lá, daqui a pouco começa um tosse tosse pra lá e pra cá. Inclusive eu. Não entendi nada e fiquei irritada porque mal tinha conseguido parar num canto p/ esperar, fui desalojada. Fui pro outro lado da calçada, onde tinha menos gente e muito mais ar. A porra do tosse tosse foi porque jogaram spray de pimenta, de dentro p/ fora. Sei nem dizer onde e o que senti naquela muvuca e ainda por cima não tendo nada a ver com o assunto. Não sou professora do Estado cacete! Mas confesso que gostei de ouvir todos dizendo que a culpa era do Sérgio Cabral... não gosto do governo dele anyway. O mais bizarro foi quando ouvi o carinha falar no microfone - em cima de um mini trio elétrico - que iam todos sentar no chão e fechar a Rua da Ajuda. Pensei "putz, agora ferrou de vez!".


Well, conclusão, meu amigo não cosneguiu sair do prédio. E eu fui pra Livraria da Travessa. Só uma hora depois ele conseguiu sair e me ligou... voltei ao mesmo lugar para encontrá-lo, e tinha muuuuito mais gente lá. Dessa vez tratei de ficar longe, rs. Almoçamos, ele voltou pro trabalho, e eu perdi a coragem de passar por lá novamente p/ ir p/ a Cinelândia. Voltei para a Uruguaiana p/ ver umas coisas e enburaquei no metrô.


Confesso que fiquei meio perdida. Achei que estava tudo absurdamente cheio e confuso. Não foi um bom dia p/ ir p/ lá... Nem deu pra curtir direito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário