quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Lembranças

Só hoje tirei de dentro da minha bolsa o restante das coisas da viagem. Não riam, masé verdade. Todo dia eu pegava a bolsa e desistia. Hoje resolvi arrumar logo de uma vez. Acho que foi uma forma de ir protelando, de "esticar" a memória recente, rs.


Enfim, contei o que sobrou de grana, deixei separado dentro da carteira velha (porque, enfim, consegui encontrar uma nova que me agradasse, rs). Guardei. Peguei a papelada do seguro saúde e guardei também dentro do armário. Alguns papéis, tipo da passagem, o ticket do City Tour, do ônibus eu decidi colar no caderno de anotações que levei comigo. Uma espécie de 'diário de viagem'. Colei e fiz pequenas anotações ao lado como lembretes. Restaram algumas coisas, como o mapa do City Tour, o mapa do Zoo, os bilhetes do metrô, o mapa do metrô, o folder da Casa Rosada e o meu cartão postal. Peguei o cartão postal, datei atrás e pus uma "nota" e prendi no meu quadro de fotos junto com o meu imã de um casal dançando tango. O restante juntei num clip e resolvi guardar. Os mapas serão muito úteis para quando eu voltar lá. Aí que vem o X da questão. Peguei a minha caixa de postais. Para quem não sabe faço coleção de cartões postais. Tenho vááários, de vários lugares. A minha caixa (cheia de colagens de malas, selos e mapas) guarda algumas lembranças. Ao abri-la parece que abri junto as portas de uma memória distante. Vi todos os postais, inclusive alguns que não me lembrava. Ao lê-los (de amigos que guardo com carinho no coração, outros que já perdi o contato, enfim...) foi impossível conter o sorriso e a mente voou para longe. Postais, papéis, cartas... Acho que minha maior "apreensão", por assim dizer, era abrir essa Caixa de Pandora (de lá não saíram todos os males restando só a esperança, o que saiu foram as lembranças guardadas há tempos lá dentro) e não de guardar todos os resquícios da viagem.

2 comentários:

  1. Nós cancerianas somos esponjas... guardamos muitas memórias... :o)

    ResponderExcluir
  2. É, às vezes não queria ser assim... não faz bem :-(

    ResponderExcluir