terça-feira, 22 de março de 2016

Coroa Cruel - Resenha


Ficha técnica:

Título Original: Cruel Crown
Autora: Victória Aveyard
Ano: 2016
Editora: Seguinte
Páginas: 232


Sinopse: Duas mulheres — uma vermelha e uma prateada — contam sua história e revelam seus segredos.
Em Canção da Rainha, você terá acesso ao diário da nobre prateada Coriane Jacos, que se torna a primeira esposa do rei Tiberias VI e dá à luz o príncipe herdeiro, Cal — tudo isso enquanto luta para sobreviver em meio às intrigas da corte.Já em Cicatrizes de Aço, você terá uma visão de dentro da Guarda Escarlate a partir da perspectiva de Diana Farley, uma das líderes da rebelião vermelha, que tenta expandir o movimento para Norta — e acaba encontrando Mare Barrow pelo caminho.Esta edição traz, ainda, um mapa de Norta e um trecho exclusivo de ‘Espada de Vidro, o aguardado segundo volume da série A Rainha Vermelha.

Confesso que quando comprei não reparei que eram dois contos. Estava tão curiosa para ler a continuação de A Rainha Vermelha.... rs. Daí, fiquei frustada, mesmo. O que me deixou mais felizinha foi o gostinho do início de Espada de Vidro.
O texto da autora é muito bom, como no livro anterior, te prende e não faz querer parar de ler. Embora os dois contos deste livro sejam bons, eu não vi muito sentido de tê-los. Achei o conto sobre a Rainha Coriane um pouco fraco (não creio que acrescente muito no desenrolar da trama mais para frente), embora explique o motivo de Elara detestá-la. Mas é só isso.
O segundo conto, sobre a Capitã Farley, uma das líderes da Guarda Escarlate é mais interessante, pois a autora desenvolve o papel da personagem e pode-se compreender um pouco mais dos desdobramentos no terceiro livro.
Minha colocação é que embora muito bem composto e escrito, não acrescenta muito para o volume seguinte. Deu a impressão de que foi mais para divulgação e $$$ do que envolver o leitor na guerra entre vermelhos e prateados.

sexta-feira, 4 de março de 2016

Backstreet Boys - Show'em what you're made of

Arrá! Eu e minha irmã, pensando no que postar no blog pra semana.... Daí, me vem a ideia de falar algo dos Boys que tanto amamos. Mas o que então?!
Eis que tivemos a brilhante ideia, numa sexta à noite de fazer um vídeo! E que vídeo é esse? Das duas doidas cantando... É ... não lá nenhuma perfeição. Mas o amor pelos Boys faz pagar mico.... hahahahaha.... Sintam-se à vontade para rir! :-)

Obs  1) Não  faço  ideia do motivo do Jack Sparrow estar no vídeo;
Obs 2) o boneco do Jack parece montagem, mas não  é,  rs.


Pra deixar todo mundo feliz depois das risadas.... o vídeo dos Boys, rs


https://www.youtube.com/watch?v=p_Lmof1IgW0


terça-feira, 1 de março de 2016

Livro: Profecia (Resenha)


Dados técnicos:
Autora: S.J. Parris (pseudônimo)
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 320

Sinopse: Outono, 1583. Traidores tramam uma invasão para depor Elizabeth e alçar a rainha católica Maria Stuart ao trono. Ao mesmo tempo, um fenômeno astrológico que supostamente proclama o fim de uma era faz circular em Londres diversas profecias terríveis sobre o futuro, que chegam até a pressagiar a morte da soberana. O filósofo, cientista e monge excomungado Giordano Bruno, perseguido pela Inquisição em Roma, é hóspede na casa do embaixador francês em Londres. Ele trabalha em segredo para o serviço de inteligência de Sua Majestade. Sua tarefa é reunir provas que ajudem a desvendar uma rede de dissidentes católicos. Sua vida de agente duplo exige muita cautela: embora o anfitrião lhe demonstre confiança irrestrita, sua esposa está determinada a seduzir Bruno para descobrir seus segredos. Quando uma dama de honra da rainha é misteriosamente assassinada na corte, o filósofo é arrastado para uma trama ainda mais delicada. Símbolos astrológicos gravados no corpo da jovem levantam suspeitas de magia negra, mas é possível que tudo não passe de uma ardilosa encenação com o objetivo de deixar a população em pânico. A morte de mais uma moça lança Bruno numa sinistra perseguição. Alguém parece estar decidido a executar um sofisticado plano de vingança em nome da religião. Mas quem? Cercado de inimigos numa cidade hostil, ele terá que encontrar a resposta se quiser salvar a própria vida.

Esse é o segundo livro da série (o primeiro é o Heresia - que ainda não li). A autora narra as aventuras do excomungado Giordano Bruno, ex monge e filósofo italiano. A trama é bem narrada, tem ótimo panorama histórico, sem ficar preso a detalhes. 
As conspirações contra  rainha da Inglaterra, os assassinatos e a profecia apocalíptica se mesclam e dão um sabor especial à leitura. É o tipo de livro de dizer "peraí, só mais um capítulo", rs. 
Lerei o Heresia (que procurei, mas está esgotado em várias livrarias, rs). Porém, o Profecia pode ser lido independentemente de ter lido ou não o primeiro volume (que também tem como Giordano Bruno como personagem principal).